Do sonho à realização em 4 passos: estratégias para a criação de startups de sucesso

Autor: Steve Blank

Editora: Évora

O livro é um gigantesco manual de sobrevivência para quem possui sua startup. O professor Blank possui uma trajetória longa no Vale do Silício e tem um apetite insaciável sobre investimento de risco.

Acredito que seja necessário ler a obra em pedaços pequenos e ir “digerindo” aos poucos o que Blank tenta comunicar, pois assim é possível entender as conexões, o que ele chama de 4 passos, dos principais processos e ações para que sua empresa tenha uma maior possibilidade de vitória nos 5 primeiros anos (os mais críticos).

O website de Blank possui muita informação e é claro, tem links para os cursos que o professor oferece aos marujos de primeira viagem.

Gostei de ler, mas no princípio achei um pouco de charlatanice! Muito do que Blank expõe precisa ser modificado para uso em terras tupiniquins, pois nossa relação com o risco empresarial que uma startup possui ainda não foi otimizada.

Vale a pena ler e se possível conhecer as empresas que o autor referencia no livro.

A história da Heineken

Autora: Barbara Smit

Editora: Zahar

O livro é muito bom!

Não dá para perceber a dimensão de uma empresa desse tamanho, não apenas em faturamento, mas também em importância.

A Cervejaria Heineken tem negócios em todos os cantos do planeta e a forma como essa empresa familiar cresceu através de épocas muito difíceis é interessantíssimo.

Gostei muito e recomendo.

A importância de atualizar-se constantemente…

ThinkingRecentemente participei de um fórum onde o tema principal era a evolução do “capital intelectual”; percebi que as opiniões diferiam em muito da minha.

Sempre defendi que a “especialização” é uma forma de agregar valor ao profissional e procurei defender meu ponto de vista perante meus colegas.

Usei o exemplo das certificações profissionais (Ex.: PMP, ITIL, PRINCE2) onde vejo enorme valor em um profissional que acabou se especializando na trilha de aprendizado dentro do programa de certificação proposto pelo mantenedor, ou seja, uma pessoa que estudou a fundo sobre o assunto e galgou a “carreira” da certificação.

Em suma, “confio” muito mais em um profissional que possui uma certificação dentro de determinada área e que a levou até o topo da trilha de certificação, do que em outro que possui algo em torno de 23 certificações de mercado!!!

No entanto o cerne da questão migrou para a constante evolução que o profissional de TI precisa realizar, e nisso todos concordamos prontamente.

Não podemos (falo como profissional de TI) nos dar ao luxo de pararmos de estudar, pois nossas ferramentas de trabalho evoluem a cada instante.

Esteja preparado para sempre estar sentado em sala de aula (ou em casa através de e-learning).

Mantenha sua “empregabilidade” em alta e seu conhecimento afiado… O mercado está de olho em você!!!

Obs.: a imagem inserida nesse post foi obtida através de licença creative commons. Pratique o direito.